Indústrias de Guarulhos fecharam 1.850 postos de trabalho neste ano

Desde janeiro as indústrias de Guarulhos fecharam 1.850 postos de trabalho. A variação foi de -2,06%. Nos últimos 12 meses, o acumulado é de -6,45%, representando uma queda de, aproximadamente, 6.100 postos de trabalho. Os dados são da Pesquisa de Nível de Emprego do Estado de São Paulo, feita pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp e do Ciesp (Depecon) divulgada ontem.
Segundo o levantamento, o nível de emprego industrial na Diretoria do Ciesp em Guarulhos apresentou resultado praticamente estável no mês de agosto. A variação ficou em 0,03%, o que significou um pequeno aumento de, aproximadamente, 50 postos de trabalho.

No mês passado o nível do emprego foi influenciado pelas variações positivas de produtos alimentícios (2,68%) e máquinas e equipamentos (2,21%), que foram os setores que mais influenciaram o cálculo do indicador total da região. O resultado só não foi melhor devido às variações negativas dos setores de produtos de borracha e de material plástico (-0,98%) e produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos (-0,40%). Quando comparados os meses de agosto dos anos de 2016 e 2017, temos um cenário pior, pois em agosto de 2016 o resultado foi positivo em 0,30%.

Em todo o estado, a variação foi negativa de 0,11%, o que significou o fechamento de 2,5 mil postos de trabalho, na série sem ajuste sazonal. Já na comparação com o mesmo mês do ano passado, há leve queda de 3,27%.