Com reforma, pacientes do PA Paraíso serão remanejados para outras unidades de saúde

Com a reforma do Pronto Atendimento Paraíso, com o objetivo de melhorar o atendimento para a população, os pacientes serão remanejados para as unidades como Hospital Municipal de Urgências (HMU), Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paulista e Policlínica Paraventi. Segundo moradores, com a reforma da unidade localizada na avenida Silvestre Pires de Freitas, no Jardim Paraíso, o remanejamento ficará difícil, principalmente para quem não possui carro.

“Eu não tenho carro, e como chamar o socorro para meu filho de 12 anos que sofre com crises de asma”, afirmou a auxiliar de cozinha Idenise Gomes da Silva, alegando que a questão do transporte é grande empecilho para os munícipes com essa reforma. As obras foram confirmadas pela Secretaria de Saúde, porém, não informou quando haverá o fechamento da unidade.

Além da questão do transporte, outro ponto que vem preocupando os usuários são a falta de medicamentos. “Meu filho foi tomar um benzetacil, e afirmaram que está em falta há um mês”, disse a dona de casa Vanessa Kelly da Fonseca, que revelou ter que comprar medicamentos como dipirona, pois não há na unidade, além da falta de higiene do local.

A reportagem do HOJE entrou em contato com a Secretaria de Saúde, que confirmou que há projeto para a reforma e ampliação da unidade, com vistas a melhorar o atendimento à população. No entanto, durante o período de reforma, o atendimento será realizado não somente pelo Hospital Municipal de Urgências (HMU), como pelo serviço de pronto-atendimento Paraventi e UPA Paulista. Em relação a falta de medicamentos, a saúde confirmou que está com falha relacionada ao benzetacil.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]