Os dois deputados guarulhenses Eli Correa Filho (DEM), e Jorge Tadeu (DEM), votaram a favor do projeto que cria mais um fundo público para financiar os candidatos.Caso o presidente da República dê aval ainda nesta semana ao que foi aprovado no Congresso, em 2018 cerca de R$ 2 bilhões de recursos públicos serão direcionados aos candidatos. O valor se somará aos cerca de R$ 1 bilhão do atual Fundo Partidário.

Por meio de uma manobra regimental, o texto-base da medida foi aprovada em votação simbólica, sem registro nominal dos votos, já que a maioria dos deputados não quis deixar “digital” de apoio à medida.
Os contrários à proposta, porém, apresentaram um “destaque” -mecanismo que, no jargão do Congresso, representa tentativa de mudança do texto- para derrubar o fundo e conseguiram que ele fosse votado de forma nominal, ou seja, com o registro de como cada um dos deputados votou.
O fundão foi mantido por margem apertada, 223 votos a 209.

A proposta também acaba com a propaganda partidária (não a eleitoral) na TV e rádio a partir de 2018.
O novo fundo sempre foi o principal objetivo da atual reforma política debatida no Congresso. Os partidos afirmam não ter como bancar as campanhas desde que o Supremo Tribunal Federal proibiu, em 2015, que as empresas continuassem a financiar o mundo político.

(Folhapress)

Foto: Ivanildo Porto

4 COMENTÁRIOS

  1. Sempre, sempre sobra para nós, cidadãos do bem, este dinheiro deveria ir para o setor mais precário que temos atualmente em nosso país que é a saúde, provavelmente irão diminuir repasses para vários setores para que se banque toda essa corja, tristeza, só isso, tristeza e 2018 CAMPANHA VOTO NULO. Tirar esses mal caráter da política

  2. Cidadãos Guarulhenses, não foram só os candidatos da nossa cidade, para ser aprovado precisa de um número expressivo, nos esquecemos que votamos em candidatos que representam “agremiações” partidárias e são essas agremiações que querem o dinheiro público. De qual partido mesmo estamos falando? Não são os dos políticos profissionais, caciques, antigos representantes do coronelismo, que hoje usam variações da expressão ” social democracia” , fica o alerta, nas próximas eleições, OLHO NELES, claro que serão reeleitos…. povo tem memória curta, depois não sabe porque está pagando a conta.

  3. Temos que nos unir . Nao votem em nenhum candidato que votou a favoe deste fundo lembrem de eli correia e jorge tadeu nao votem neles . Vou sempre lembrar disto com certeza

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here