A Prefeitura de Guarulhos descartou nesta terça-feira (10) a possibilidade de realizar novos concursos públicos para ocupação de cargos na administração municipal em função da dívida de quase R$ 8 bilhões acumulada ao longo dos últimos anos. Ainda assim, a gestão Guti revelou que existem cerca de 90 certames em andamento.

A administração explicou que somente é possível abrir algum processo público de seleção quando as secretarias fazem a solicitação de contratação do profissional para exercer determinada função.
Para preencher vagas que surge na administração, a prefeitura está utilizando a classificação de diferentes concursos que sejam compatíveis com o cargo a ser ocupado. Um desses certames utilizados é o de Assistente de Gestão Pública realizado em 2015.

Naquela ocasião, o edital destacava a necessidade da contratação de 10 profissionais para serem alocados em diferentes secretarias, porém, estão pré-convocados outros 1.640 candidatos que participaram daquele processo seletivo. No entanto, não há a garantia de que sejam chamados para exercer tal função. Dos selecionados, foram convocados 62 candidatos. Desse modo, não há profissionais aguardando, mas sim, 1.568 classificados passíveis de convocação.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br
Foto: Sidnei de Barros

7 COMENTÁRIOS

  1. Essa questão foi abordada superficialmente… o prefeito está no cargo há 10 meses e ainda se ancora no discurso “culpa das gestões anteriores”… quero ver por quanto tempo mais ele usará isso como desculpa para se furtar à sua respondabilidade… é fato que o concurso citado, aberto em 2015, previa 10 vagas… mas isso foi em 2015! É óbvio que exonerações e aposentadorias elevam esse número o tempo todo… a própria prefeitura divulgou levantamento da quantidade de cargos existentes (e se são existentes já constam do orçamento da prefeitura) e quais desses encontram-se ocupados… Ora, nesse levantamento (publicado no D.O. do município dia 28 de abril) podemos verificar que apenas para esse cargo de Assistente de Gestão Pública (citado nessa matéria) existem 820 cargos, dos quais 712 estão ocupados… ou seja, até abril desse ano a prefeitura trabalhava com 108 funcionários a menos nesse cargo, mas os custos desses cargos já constam no orçamento da prefeitura por serem cargos criados por lei… a pergunta a ser feita é: Pra onde está indo esse dinheiro orçado e não utilizado para o fim a que se destina?
    O prefeito (apesar de fazer parte de um partido que se auto-intitula “socialista”) está muito mais preocupado com o capital… 13% dos cargos existentes estão ociosos (em abril! Hj devem ser bem mais)… e o prefeito quer convencer a gente de que os serviços estão sendo realizados com a mesma eficiência? Ah… façam-me um favor…

  2. Na UBS Santo Afonso faltam agentes de saúde para anteder a população do jardim Vermelhão e os novos moradores do residencial Parque das Aldeias. Acontece que a Prefeitura já realizou a primeira etapa do Concurso Público em Dezembro de 2016, mas até o momento não convocou os participamente para a segunda etapa. Acesse: https://www.vunesp.com.br/pmgr1604/#PMGR16042

  3. O prefeito Guto criticou tanto a administração do Almeida por ter excesso de comissionados , no entanto todos os diários saem várias nomeações de comissionados com salarioa altissimos,sendo que nós que prestamos concurso em 2015 estamos esperando a Boa vontade do excelentíssimo prefeito nos convocar. Piada isso. Nunca vai chamar, não damos voto pra ele!!!

  4. E depois vão dizer que os comentários aqui foram todos postados por Petistas revoltados…. É o fim… Decepção em ser Guarulhense vergonha de mais um prefeito com promessas não cumprida ooo que será da nossa metrópole na mão dessas desptepatados para lidar com pessoas??

  5. Na gestão anterior foi a mais criticada pelo excesso de comissionamento, o atual prefeito então na época vereador sempre foi contra o comissionamento hoje executa a mesma coisa.Conquistou seu eleitorado os servidores públicos com promessas que hoje não são cumpridas, exceto lógico a exoneração dos comissionados do PT. Agora não consegue dar posse aos concursados, mas tem cargos de comissionamento?
    Opa onde está a transparência tão abordada na campanha.

  6. Na gestão anterior foi a mais criticada pelo excesso de comissionamento, o atual prefeito então na época vereador sempre foi contra o comissionamento hoje executa a mesma coisa.Conquistou seu eleitorado os servidores públicos com promessas que hoje não são cumpridas, exceto lógico a exoneração dos comissionados do PT. Agora não consegue dar posse aos concursados, mas tem cargos de comissionamento?
    Opa onde está a transparência tão abordada na campanha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here