Policiais militares do 15º Batalhão foram acionados através do COPOM(Centro de Operações da Polícia Militar), para atenderem um ocorrência de desinteligência em um posto de gasolina localizado na avenida Otávio Braga de Mesquita, que acabou resultando na prisão de quatro pessoas.

Segundo a PM, quando os policiais chegaram ao local, foram informados por populares de que um grupo de quatro pessoas dentro de um veículo de modelo Ford Ka, cor prata, teria chegado a discutir com um frentista do posto, e o motorista do veículo teria tentado atropelá-lo, porém, após não conseguir o grupo chegou a se evadir do local em direção a rua Canutama.

Diante desse relato, os policiais foram atrás do grupo, e localizou a uma quadra do posto. No momento da abordagem dos policiais, três homens estariam empurrando o automóvel, e o motorista estaria tentando fazer o veículo voltar a funcionar. Com a aproximação dos PMs, os três homens que estariam empurrando o veículo teriam se entregado, e de acordo com a polícia, o motorista tentou fugir, mas como não conseguiu dar partida no veículo, foi detido a poucos metros do local.

O caso ocorreu por volta da madrugada deste último domingo (15), às 3h.De acordo com a PM, durante a busca pessoal, não foi encontrada nenhuma arma de fogo ou algum objeto ilícito. O frentista do posto teria falado aos policiais que após a discussão, agressão e tentativa de atropelamento fracassada, o carro chegou a se chocar contra a bomba de combustível, e um dos homens teria solicitado o isqueiro para atear fogo no posto.

Os quatro indivíduos receberam voz de prisão e foram encaminhados para o 1°DP, sendo autuados por tentava de homicídio, permanecendo a disposição da justiça. A PM também divulgou que após exames no Instituto Médico Legal (IML), o motorista também foi autuado por embriaguez ao volante, o veículo foi apreendido, e o frentista que sofreu diversas lesões está internado, porém, o hospital não foi divulgado pela polícia.

Foto: Polícia Militar

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here