Área de shopping abandonado aumenta a insegurança dos moradores na Vila Fátima

O abandono é a marca registrada da área que abrigaria um shopping center na Vila Fátima. Esse descaso é motivo de preocupação para moradores da região, que ressaltam a insegurança como o principal prejuízo a eles. De acordo com uma moradora que optou por não se identificar, a área é utilizado para uso de drogas e outras atividades ilícitas.

Ela também destacou que as ações dos frequentadores do local são registradas, de forma pública, em uma plataforma para vídeo na rede social. Em muitas delas, os desocupados aparecem com arma de fogo em punho. No local ainda é comum a prática de sexo explícito, inclusive, à luz do dia.

A obra está parada há quase 30 anos. Em 2009, o Grupo Sá Cavalcante chegou a fazer o anúncio que o projeto custaria cerca de R$ 110 milhões com inauguração prevista para 2010. Entretanto, a 2ª Vara da Fazenda Pública de Guarulhos suspendeu o alvará da obra e impediu que a mesma tivesse continuidade. Esta decisão apontava danos ambientais causados pela construção.
Procurada, a prefeitura não se pronunciou sobre a segurança no local e possíveis medidas administrativas adotadas em relação ao prédio abandonado.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto