Governo de SP inicia reuniões na Europa pela concessão de trecho do Rodoanel Norte

O governo de São Paulo iniciou nesta semana conversas com possíveis investidores para o trecho Norte do Rodoanel Mário Covas, que possibilitará a ligação do Porto de Santos ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, lembrando que existe uma licitação prevista para janeiro de 2018. As reuniões da comitiva do estado começaram em Milão, mas devem se estender também nas cidades de Barcelona e Madri, na Espanha, e Paris, na França.

A equipe do governo durante essa semana de negociações na Europa é formada pelo Secretário de Governo, Saulo de Castro Abreu Filho, a subsecretária de Parcerias e Inovações, Karla Bertocco Trindade, além do diretor geral da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Giovanni Pengue Filho.

O lance mínimo para a concessão é de R$ 462,3 milhões, e a estimativa do governo é que a empresa responsável pela administração do trecho realize um investimento de R$ 1,2 bilhão, base de cálculo voltada para efetuar as operações e a manutenção no trecho.

A parte Norte de Guarulhos também será responsável pelas ligações com os trechos Oeste e Leste do Rodoanel, além da parte essencial, com o Porto de Santos. A via terá 47,6 km e também existe a possibilidade de um acesso para a rodovia Fernão Dias. O rodoanel Norte também tem uma ligação de 3 km com o Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Além das concessões, a situação para o usuário também irá melhorar, já que a concessionária responsável deverá implantar wi-fi ao longo de todo percurso, com diversas atualizações sobre a situação de tráfego do trecho. A estrada também terá monitoramento de câmeras, iluminação em todo percurso e também existe a possibilidade de a concessionária adotar uma diminuição de preços nos horários com menor demanda de veículos.

O Rodoanel Norte deverá ser entregue em 2018 com duas etapas diferentes, a primeira em março, quando deverá ter abertura entre a Avenida Raimundo Pereira de Magalhães e a Rodovia Fernão Dias. Já a segunda parte, seria o trecho até a rodovia Presidente Dutra e também a ligação com o Aeroporto Internacional de Guarulhos.