O Guarda Civil Municipal (GCM), Adaílson Gonçalves Bueno, foi preso na última sexta-feira (10), após investigações do Setor de Homicídios concluírem que o agente seria o principal suspeito pela morte do vigilante Jeremias da Paixão, assassinado a facadas no meio da via no bairro Sítio dos Morros.

O Setor de Homicídios pediu a prisão preventiva do suspeito por 30 dias. O vigilante que seria ex-usuário de drogas, foi assassinado a facadas no Sítio dos Morros, com perfurações no tórax, e segundo vizinhos que chamaram a polícia militar, estaria tendo uma briga na via, porém, quando os PMs chegaram, o corpo do vigilante já estava na calçada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here