Após impasse, Câmara rejeita contas do ex-prefeito Almeida

A votação na Câmara dos Vereadores de Guarulhos da tarde desta terça-feira (21), teve enfim o final do impasse com a rejeição das contas do ex-prefeito Sebastião Almeida (PDT), durante o exercício da prefeitura no ano de 2013, lembrando que essa votação estava para ocorrer desde o mês passado.

Essas contas tiveram a reprovação do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), que teria pontado além do grande número de comissionados, um déficit da execução orçamentária de R$ 164,6 milhões e alterações no orçamento correspondente a 38% da despesa fixada. Dessa forma, o tribunal desaprovou as contas do município ressaltando a execução orçamentária e financeira, agregadas ao acréscimo de 83% da dívida de curto prazo; ao descumprimento do índice de endividamento; ao ato de renúncia de receita; à insuficiência nos pagamentos de precatórios; à insuficiente aplicação de recursos no ensino, decorrente de aplicação de 21,77% da receita de impostos e transferências e dos recursos do Fundeb referente à parcela diferida.

*Maiores detalhes você confere na edição impressa do HOJE desta quarta-feira (22).