Reabertura do Fioravante e Thomeozão dependem da captação de recursos por Lei de Incentivo

Tradicionais praças esportivas da cidade, o ginásio Fioravante Ievorlino e o Paschoal Thomeo continuam sem qualquer prazo para sua reabertura, e assim voltar a receber eventos esportivos. No entanto, Iltonjorge Roque, subsecretário de Esporte, revelou que a reabertura destes ginásios depende da captação de recursos através da Lei de Incentivo tanto estadual quanto federal.

No dia 1º de abril, a Prefeitura de Guarulhos promoveu um mutirão de revitalização do local, que contou com aproximadamente 500 pessoas, porém, de lá pra cá muito pouca coisa mudou, porém, muito pouco ou quase nada foi feito. As quadras permanecem no mesmo estado desde que o Falcões Moto Clube deixou o ginásio em agosto do ano passado.

“A gente conseguiu o projeto do Paradesporto, do Fioravante, onde conseguimos R$ 1,5 milhão que vem do Estado por adesão à lei de incentivo do Estado. Thomeo também é por meio de lei de incentivo, mas do Governo Federal”, explicou Iltonjorge Roque, subsecretário de Esporte.

Antônio Boaventura
[email protected]

Foto: Ivanildo Porto