Entenda o cálculo da nota da Fuvest

Infográfico 20.06.2017 - INCLUSÃO NA USP -Alunos de escolas públicas na USP, em % - (Editoria de Arte/Folhapress)

A avaliação estadual da disputada Fuvest surgiu em 1976, e na época já selecionava os candidatos as três universidades paulistas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) e a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Naquele ano foram confirmadas 92. 461 inscrições.

A primeira fase será realizada num único dia. A prova será composta de 90 questões, sendo algumas de duas ou mais disciplinas e versará sobre as seguintes matérias do núcleo comum obrigatório do ensino médio: biologia, física, geografia, história, inglês, língua portuguesa, matemática e química.
Todas as questões serão do tipo teste de múltipla escolha e com cinco alternativas. A duração da prova será de 5h. Não haverá tempo adicional para transcrição de gabarito para a folha óptica de respostas.
O método de correção da prova permite que o conhecimento dos candidatos seja verificado pelo critério da fórmula do número de vagas multiplicado pela média das notas.
O objetivo desse sistema é identificar quando os candidatos que obtiverem menos de 30% do valor da prova da 1ª fase já podem ser eliminados da 2ª fase. Para 90 questões, 30% correspondem a 27 acertos.