Nem mesmo a decisão do juiz Renato Luiz de Paula Alves, da 3ª Vara do Trabalho de Guarulhos, foi capaz de possibilitar a saída do Instituto Gerir do comando do Hospital Municipal de Urgências (HMU), da Policlínica Paraventi e do Hospital Municipal da Criança e do Adolescente (HMCA). O prazo estabelecido pelo magistrado para que a organização social deixasse o controle daquela unidade saúde venceu nesta segunda-feira (27).

*Maiores informações você confere na edição do HOJE desta quarta-feira (29).

3 COMENTÁRIOS

  1. Gosto de ficar por dentro sobre tudo o que acontece em Guarulhos,mas achei uma reportagem um pouco vaga!
    Afinal fala que o instituto não deixou a administração mas não explica o motivo da determinação da justiça ?

  2. Esse hospital continua com atendimento péssimo minha irmã e tetraplégica está internada lá deis de domingo e só está sendo maltratada pelos enfermeiros e pelos médicos ? Guti não adianta arrumar por fora se por dentro está um lixo o atendimento tem q tirar esse pessoal vai na ouvidoria do hospital e vê quantas reclamações de atendimento mau tem lá eu fui e me informei sei do q estou falando guarulhos está abandonado principalmente na aérea da saúde isso é revoltante

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here