Por conta de mais um atraso salarial, os funcionários da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) São João, localizada na Estrada Guarulhos –Nazaré, na região do Soberana, só estão atendendo casos de emergência na unidade, após um parecer de que o pagamento possa ser realizar apenas na próxima sexta-feira (15), ou na outra semana.

“Já são 11 meses que convivemos nessa situação de atraso de salário”, afirmou um funcionário da unidade que preferiu não se identificar, alegando que a situação é ruim para todos, inclusive para os moradores do bairro que necessitam de atendimento.
A UPA São João fechou as portas para atender somente casos de emergência neste último sábado (09). Funcionários das unidades que estão sem receber, como PA Paraíso e Maria Dirce, realizaram um protesto durante o aniversário da cidade na última sexta-feira (08), no Bosque Maia, quando o prefeito inaugurou a árvore de natal no local.

Nesta segunda-feira (11), a UPA São João e o PA Paraíso, seguem atendendo apenas casos de emergência, enquanto o Maria Dirce segue com o atendimento normalizado até o início desta tarde. Segundo um funcionário, as duas unidades devem retornar o atendimento nesta terça-feira (12), com o objetivo de não prejudicar a população.

A reportagem do HOJE questionou a Secretaria da Saúde, que afirmou efetuar no mês passado três repasses para a unidade, sendo o primeiro no valor de R$ 1.65 milhão no dia 13 de novembro, outro de R$ 2,83 milhões no dia 23 de novembro e o último de R$ 1.099.890,00 no dia 30. “Esclarecemos também que foi realizada recentemente uma reunião com a diretora da Fundação ABC, para ajustar as questões referentes aos pagamentos, diante das dificuldades financeiras enfrentadas pela Prefeitura neste final de ano, para que não haja prejuízo ao atendimento da população”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here