Saúde afirma que Pimentas e Cumbica não são áreas de risco para contágio de febre amarela

Os bairros de Cumbica e Pimentas, não são regiões de risco de contágio da doença de febre amarela, segundo divulgado pela Secretaria da Saúde. Muitos moradores dos dois bairros questionaram a reportagem sobre a possibilidade de vacinação no bairro, que por ser distante da Serra da Cantareira, o risco torna-se pequeno.

“As regiões de Pimentas e Cumbica não fazem parte da área definida pelo Centro de Vigilância Epidemiológica do Estado como áreas de risco”, afirmou a saúde. Nesta quinta-feira (25), começou a vacinação nos bairros próximos ao zoológico, como no Jardim Rosa de França, onde campanha iniciou de porta em porta, após o fechamento provisório do Zoológico em decorrência a morte de um sagui após briga com um macaco, porém, após a realização dos exames, houve a comprovação de que o animal estava com febre amarela.

Atualmente, 30 Unidades Básicas de Saúde da cidade oferecem as doses contra a febre amarela: Palmira, Continental, Vila Rio, Morros, Santa Lídia, Seródio, Haroldo Veloso, Carmela, Lavras, Soberana, Ponte Alta, Santa Paula, Álamo, Aracília, Piratininga, Cambará, Cabuçu, Recreio São Jorge, Novo Recreio, Belvedere, Primavera, Acácio, Bananal, Santos Dumont, Fortaleza, Água Azul e Bambi, além das UBS Munhoz, Cavadas e Ponte Grande, que são unidades temporárias de vacinação para bloqueio da febre amarela na região.

Foto: Eduardo Saraiva