Moradores do Pimentas formam filas de madrugada para conseguir consulta na UBS Marcos Freire

Os moradores do Pimentas sofrem para conseguir marcar consultas na Unidade Básica de Saúde (UBS) Marcos Freire, com a formação de filas durante a madrugada. Os agendamentos são realizados diariamente, porém, as filas e o tempo de espera fazem muitas pessoas desistirem de marcar um simples exame.
O que era tecnicamente para ser mais fácil acabou se tornando um empecilho, e com isso quem sofre são os moradores. “Todo dia é assim, muitas pessoas chegam e formam filas por volta das 3h30. Teve morador que já foi até assaltado, enquanto aguardava a abertura da unidade”, afirmou o auxiliar de expedição Maurício Oliveira Carvalho, 34.

De acordo com Carvalho, há apenas duas atendentes na unidade, o que também estaria dificultando os trabalhos para a realização do atendimento ao usuário. Outra reclamação também é a falta de clínico na unidade.
A reportagem do HOJE questionou a Secretaria de Saúde sobre a unidade. “Com relação ao questionamento sobre a UBS Marcos Freire, a secretaria informa que, embora os agendamentos para consultas e exames sejam realizados diariamente, as filas acabam se formando por conta da grande demanda de pessoas que procuram a unidade”.

Segundo a saúde, há atualmente na unidade seis médicos, sendo um de clínico geral, um ginecologista, um pediatra e três generalistas, que são habilitados para atender desde criança até idoso, além de contratar mais três enfermeiros para reforçar a equipe nesta unidade.

Reportagem: Ulisses Carvalho
[email protected]

- PUBLICIDADE -