GCMs reclamam de condições de trabalho da Inspetoria do Bosque Maia

Após reclamações por parte de alguns membros da Guarda Civil Municipal (GCM), o Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap), recebeu denúncias, em forma de documento, sobre Inspetoria Bosque Maia (IR Bosque), com a queixa de péssimas condições de trabalho.

O documento, com seis páginas, traz detalhes da situação precária do local onde exercem suas funções. “Salas com infiltração, vestiários que não comportam a quantidade de trabalhadores, móveis velhos sem condições de uso, vazamentos, falta de limpeza e outros problemas foram apontados pelos Servidores no documento”, relata o diretor do sindicato Leandro Martins.

“As condições são constrangedoras para os trabalhadores”, conta Leandro. O documento encaminhado ao Sindicato aponta que os Servidores estão tendo que compartilhar os vestiários de homens e mulheres, uma vez que o destinado aos homens não comporta a demanda.

Reunião – O sindicato tem reunião agendada para a próxima semana com a Secretaria de Assuntos Para Segurança Pública (SASP).

- PUBLICIDADE -