Rolezinho de 4 mil pessoas no Bosque Maia termina em confusão e GCM diz que foi recebida com pedradas

Rolezinho de 4 mil pessoas no Bosque Maia termina em confusão e GCM diz que foi recebida com pedradas

O rolezinho programado para ocorrer no Bosque Maia na tarde desta terça-feira (13), reuniu quatro mil jovens, de acordo com informações da Secretaria para Assuntos de Segurança Pública da prefeitura. O que era para ser apenas diversão,acabou terminando em confusão entre os adolescentes e agentes da Guarda Civil Municipal (GCM).

Segundo a administração municipal, muitos jovens consumiam bebida alcoólica, causando tumulto no parque. Quando os GCMs teriam sido acionados com o objetivo de conter a confusão generalizada, teriam sido recebidos com pedradas, garrafas e latas, sendo preciso intervir com o uso progressivo da força para dispersar os grupos em portões opostos, com o objetivo de evitar tumultos.

A prefeitura alega que não houve danos ao patrimônio público, e também não foram efetuadas prisões, além de nenhum registro de jovens e guardas lesionados, informação verificada nos hospitais e pronto-atendimentos da cidade, disse a administração municipal.

4 Comentários neste post

  1. Que mentira isso , que estava lá e ninguém atacou os GCMs , eles que começaram a joga bomba e atirar nos pessoal sem moral nenhuma . Como sempre a polícia inventando desculpa . Palhaçada uma criança tomou um tiro de borracha quer dizer que ela atacou as coisas neles ?

    Responder
  2. Na segunda feira não havia nenhum policial no Maia ! Um absurdo ! Estava lotado ! A prefeitura em vez de faZer um evento de carnaval bacana para os jovens não se mobilizou em nada! Colocou uma banda para tocar meia hora e mais nada !

    Responder
  3. Marco Aurelio

    Absurdos!
    Não houve danos?
    Eu vi vários jovens se drogando, bebendo, quebrando garrafas em locais públicos, danificando o patrimônio público!

    Responder
  4. Marcelo Brancaglion

    Moro perto do Bosque e isso nunca aconteceu antes. No dia seguinte ainda vi pessoas entrando no lago. O prefeito está ofertando o Bosque Maia para muitos eventos e está sendo destruído aos poucos, ao mesmo tempo a manutenção necessária não está sendo feita. A fonte do parque, que era para ser um lazer ou algo bonito, está tornando uma vergonha de tantas pessoas tomando banho por lá e está contribuindo para as degradações, pois atraem pessoas mal intencionadas. Devemos aumentar a cultura do povo e não oferecer “coisas” no parque que não contribuem para isso.

    Responder

Deixe seu Comentário