Após morte de quatro macacos no Zoológico, prefeitura aguarda resultado de exames do Instituto Adolfo Lutz

Após morte de quatro macacos no Zoológico, prefeitura aguarda resultado de exames do Instituto Adolfo Lutz

Após a morte de quatro macacos no Zoológico de Guarulhos, a Secretaria Municipal da Saúde aguarda a devolutiva do Instituto Adolfo Lutz, de São Paulo, sobre o resultado dos exames coletados em três primatas para a adoção das próximas medidas, principalmente em relação a uma possível reabertura do local.

O Zoológico foi fechado no dia 24 de janeiro, em razão da morte de um sagui, que foi morto em decorrência de uma briga com os outros primatas que ocupavam o espaço. Após exames coletados, o animal apresentou resultado positivo para a presença do vírus da febre amarela, porém, houve a morte de mais três animais, que ainda não há confirmação se foi causada pela febre amarela.

Segundo a administração municipal, até o momento foram registradas quatro mortes de macacos confirmadas por febre amarela. A primeira morte foi confirmada pela prefeitura no início de dezembro do ano passado, quando o animal foi encontrado em um pesqueiro na Estrada dos Veigas, no bairro do Marmelo, no dia 28 de novembro.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br
Foto: Ivanildo Porto

Deixe seu Comentário