Furtos, insegurança e intimidação são alguns dos atos praticados por supostos usuários de drogas e moradores de rua apontados pelos comerciantes instalados nas imediações da praça Getúlio Vargas, localizada na região central, para justificar a queda nas vendas nos últimos meses e o consequente afastamento de potenciais consumidores dos estabelecimentos comerciais.

*Maiores informações você confere na edição do HOJE desta terça-feira (20).

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here