Além de ganhar duas estações – Aeroporto e Cecap -, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), a cidade de Guarulhos trabalha junto ao Governo do Estado a possibilidade de integrar este modal com o transporte público na região em que estão localizadas estas estações. Também será estudado o impacto causado pelo empreendimento nas localidades.

“Nós estamos discutindo junto ao governo do estado pra ver de que forma podemos fazer a integração e também do viário. Nós estamos junto com eles criando uma proposta. Segundo previsões do próprio governo do estado, elas seriam entregues em março”, revelou o prefeito Guti (PSB).
O chefe do Executivo afirmou que até os primeiros dias do mês de março – já que as estações devem ser entregues durante o próximo mês -, deve contar com uma estratégia para que o município possa de fato ser beneficiado com as estações da CPTM.

“Acreditamos que nos próximos 15 dias teremos um plano efetivo para que não só o progresso venha. A gente tem que coibir a problemática do entorno, que pode ocorrer. Então, a gente quer só o progresso”, explicou.

Guti também planeja formalizar uma proposta para reduzir os impactos que as estações possam causar na região em que estão localizadas. “É óbvio que gerando impacto viário maior, com certeza, o fluxo aumenta. Mas, de forma responsável, vamos trabalhar para que atinja menos a população guarulhense”, concluiu.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here