Guarulhense e primeira-dama de Ilhabela, Júlia Tenório morre de câncer

Guarulhense e primeira-dama de Ilhabela, Júlia Tenório morre de câncer

Na noite desta segunda-feira (26), a prefeitura de Ilhabela informou através de uma nota emitida no site oficial, sobre o falecimento da primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade de Ilhabela, Júlia Tenório, vítima de um câncer que tratava desde 2012.
Júlia tinha 42 anos, e era casada com o prefeito Márcio Tenório, com quem teve duas filhas, uma de 17 e outra de 10. Natural de Guarulhos chegou jovem ao arquipélago, em 1990, com 14 anos, e logo se encantou com Ilhabela.Trabalhou no setor administrativo da antiga empresa de transportes Autoviação Ilhabela até 2012, ano que se afastou após descobrir um câncer de mama, que reapareceu em 2016.

Na empresa, começou a realizar trabalhos voluntários porque gostava de lidar com o público. Esse ano pode ampliar esse trabalho à frente do Fundo Social de Solidariedade, que mesmo em tratamento conduzia com determinação e carinho, dividindo suas rotinas entre o acompanhamento da doença e o trabalho.
Em 2017, na sessão solene do 212º aniversário de emancipação político-administrativa de Ilhabela, em 3 de setembro, Júlia Tenório foi homenageada com o título de Cidadã Honorária, proposto pelo vereador Thiago Souza.

À frente do Fundo Social trabalhou na promoção de cursos de capacitação e profissionalização para a população, melhorou e aumentou as opções de cursos para dar oportunidade de qualificação às pessoas.
O velório aconteceu no Esporte Clube Ilhabela a partir às 9h, e o sepultamento será às 15h no velório municipal.

Deixe seu Comentário