Ao menos quatro voos foram cancelados no final da noite desta segunda-feira (26) no aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, devido a problemas de abastecimento.
Segundo a Latam Airlines Brasil, quatro voos foram cancelados. A situação foi normalizada no final da noite.
Em nota, a companhia informou que prestou assistência aos passageiros dos voos impactados.
Na Gol, três voos que saíram de Guarulhos atrasaram.
As empresas, no entanto, não relacionam o furto de querosene como a causa dos transtornos em suas operações.

A concessionária GRU Airport também disse que a falha de abastecimento não tem relação com o furto e que “todos os detalhes sobre a interrupção de abastecimento de combustível são de responsabilidade da empresa responsável pelo fornecimento no sítio aeroportuário.”
A Raízen, licenciada da marca Shell no Brasil e uma das distribuidoras que atuam no aeroporto, afirma em nota que houve um “problema de interrupção na linha de hidrantes que abastece as aeronaves”. Ou seja, uma falha no redirecionamento para os aviões do combustível que chega ao aeroporto.

Segundo a empresa, o abastecimento continuou a ser realizado por caminhões tanques. “O problema foi rapidamente resolvido e a situação regularizada, atenuando os problemas pontuais nas operações de abastecimento de aeronaves”, disse a Raízen em nota.
Na manhã desta terça, a situação dos voos no aeroporto já havia sido normalizada.

(Folhapress)

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here