A mudança da Câmara Municipal do atual imóvel para o prédio da antiga Fábrica de Tapetes Lourdes, na Vila Augusta, deve ocorrer apenas no mês de dezembro, segundo Eduardo Soltur (PSD), presidente do Legislativo. O imóvel foi adquirido em 2011 por R$ 14 milhões.

“Acho que será entregue para inauguração no dia 08 de dezembro. As obras estão no ritmo normal. Nós queríamos que fosse (para julho conforme previsto no ano passado), mas acho que não conseguem”, justificou Eduardo Soltur.
Com a obra, a Câmara Municipal deverá gastar até R$ 7 milhões com reformas do novo espaço. No entanto, após contestação do Ministério Público Estadual (MPE), Soltur resolveu cancelar o processo de licitação e firmar acordo com a Proguaru para promover as adequações necessárias. Atualmente, o Legislativo gasta R$ 3 milhões por ano com o aluguel da sede atual.

Entretanto, existe a possibilidade da Secretaria Municipal de Gestão dividir a estrutura do imóvel com o Legislativo. Segundo informações obtidas pelo HOJE, os departamentos de Patrimônio e Arquivo ocupariam o imóvel. Assim, a prefeitura economizaria aproximadamente R$ 9 mil por mês.
O contrato com a Progresso e Desenvolvimento de Guarulhos (Proguaru) para a reforma do prédio da antiga fábrica de Tapetes Lourdes aconteceu em meados de dezembro do ano passado. O projeto, orçado em R$ 6.773.236,29 milhões. As obras foram iniciadas pela empresa de economia mista no mês de janeiro deste ano.

Antônio Boaventura
antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here