Família alega que cirurgia de idosa foi cancelada por falta de material no HMU

Família alega que cirurgia de idosa foi cancelada por falta de material no HMU

A família da idosa Adélia Ferreira dos Santos, 80, aposentada, alega que a cirurgia no fêmur marcada para acontecer nesta quarta-feira (21), no Hospital Municipal de Urgência (HMU), teria sido cancelada por falta de material. Esse seria o segundo cancelamento de procedimento cirúrgico de Adélia.
“Vai fazer um mês que minha mãe está lá, e hoje ficamos sabendo que a cirurgia dela foi cancelada e que segue sem previsão de remarcar”, afirmou a filha Clarice Ferreira dos Santos, dona de casa, 54.
Adélia foi internada no HMU no dia 24 de fevereiro, após fraturar o fêmur quando teria escorregado ao levantar da cama dentro da própria casa no bairro Recreio São Jorge. Vizinhos teriam levado a idosa para a Policlínica Paraventi, porém, logo Adélia foi transferida para o HMU, onde está aguardando o procedimento cirúrgico.

Instituto Gerir alega que cirurgia continua agendada e que não há falta de material

Em nota enviada ao HOJE, o Instituto Gerir afirmou que o procedimento cirúrgico da paciente continua agendado normalmente para esta quarta-feira (21). “ Não existe falta de soro, o material tem chegado conforme as solicitações”.

Reportagem: Ulisses Carvalho
ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Deixe seu Comentário