Usuários das Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Acácio, localizada na avenida Silvestre Pires de Freitas e Seródio, situada na avenida Coqueiral, alegam que há falta de profissionais nas duas unidades, o que estaria comprometendo o atendimento a população do bairro.

Na UBS Acácio, a unidade estaria sem pediatra e ginecologista. Já na unidade do Seródio, de acordo com moradores da região há falta de clínico. A reportagem do HOJE entrou em contato com a Secretaria de Saúde sobre o problema envolvendo as duas unidades. De acordo com a secretaria, a UBS do Jardim Acácio é de estratégia da família, ou seja, não seria uma UBS tradicional, já que não há pediatra e ginecologista, mas sim médico da família. “Na unidade há quatro médicos que atendem a família de forma integral”.

Já a UBS Seródio é unidade mista. Na área de Estratégia da Família o quadro está completo com dois profissionais. “Na área tradicional está sem um médico desde agosto de 2017, quando a profissional entrou em licença e solicitou demissão em março de 2018”.

A saúde alega que mesmo diante da falta de médico, os pacientes são avaliados e atendidos pelos médicos da família, de acordo com a classificação de risco.

2 COMENTÁRIOS

  1. A ubs do acacio nem material tem . Estao despensando os pacientes do destista por falta de material a previsao de chegar material talvez em junha

  2. Acontece que a UBS Acácio tem 5 areas teria que ter cinco médico de família
    Resultado não tem como marcar consultas nao tem vaga os medicos estao absorvendo os clientes da area sem médico
    Tem criança ate 4 meses que so conseguiu ir uma vez a consulta
    E nao e 4 medico tem 3 que tem que absorver 25 mil cadastrados antes o quadro era cinco medicos ja que sao cinco areas de saude da familia

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here