O Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública Municipal de Guarulhos (Stap) e o Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp) realizam amanhã (17), das 8h às 12h, protesto de Servidores da Saúde e médicos em frente ao Hospital Municipal de Urgências (avenida Tiradentes, 3.391, Bom Clima).

O objetivo de acordo com o sindicato seria denunciar as condições de trabalho, a falta de medicamentos e de pessoal, os atrasos de salário e também o avanço da terceirização. A mobilização foi aprovada dia 8, durante assembleia de médicos na Associação Paulista de Medicina, com apoio do Stap.

Rogério de Oliveira, secretário-geral do Stap e presidente do Conselho Municipal de Saúde em Guarulhos, diz: “Queremos um sistema de Saúde que funcione, que garanta condições dignas de trabalho e possibilite atendimento melhor aos usuários. Saúde é direito de todos e dever do Estado”.

2 COMENTÁRIOS

  1. É inadmissível ter que conviver com esse tipo de situação. O prefeito Guti começou tão bem e agora deixando acontecer coisa desse tipo de situação. Não existe prioridade maior que a saúde, pois sem saúde o ser humano não consegue desempenhar o seu melhor seja qual for a área de atuação.

  2. O protesto é válido assim como tem que melhorar e muito o atendimento prestado pelos profissionais lá dentro, que hj é uma bosta. Eles tem que entender que o fato deles serem desvalorizados no trabalho não tem nada a ver com a população que vai lá ter o atendimento. Querem reconhecimento, briguem com seus por isso e não descontem sua raiva na população que vai lá ter o atendimento. Melhores condições de trabalho e melhores condições de atendimento a população tb!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here