A greve dos caminhoneiros não afetou somente a distribuição de bens e produtos, mas também o fluxo de veículos nas rodovias federais que cortam o município durante o feriado de Corpus Christi. A CCR NovaDutra, concessionária responsável pela administração da rodovia Presidente Dutra, revelou que não fez qualquer estudo sobre a expectativa de quantos veículos iriam utilizar a via no feriadão..

A concessionária ressaltou que o fluxo de veículos em toda sua extensão, inclusive no trecho guarulhense, está estável desde a quarta-feira (23), terceiro dia da paralisação dos caminhoneiros. A CCR NovaDutra afirmou que o movimento “está muito abaixo do que o normal”.

O reflexo do protesto realizado pelos caminhoneiros pode ser explicado pelo contador Júlio Sacramento, 39 anos, que por conta da incerteza em encontrar combustíveis nas bombas durante o percurso que pretendia fazer com sua família.

“Não posso arriscar. Caso eu necessite de combustível tanto para ir quanto para voltar, será que vou encontrar? Essa é a minha dúvida. Acredito que nos próximos dias essa situação já esteja normal e planejamos futuramente a nossa viagem para Itatiaia [cidade do Rio de Janeiro]”, explicou.

O panorama deste feriado prolongado de Corpus Christi é muito diferente do que teve no ano passado. Com a estrada vazia, o número de veículos que trafegam pela rodovia Presidente Dutra não deve atingir a expectativa da concessionária em 2017 para este período que era de aproximadamente 280 mil veículos. Diante do quadro negativo, a CCR NovaDutra se quer cogitou realizar qualquer estudo sobre este feriado.

Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here