Câmara deixa votação da LDO para a última sessão antes do recesso

A Câmara Municipal deixou a votação do projeto de Lei das Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019 para a última sessão antes do recesso parlamentar, que ocorre na quinta-feira (28). Apenas a vereadora Janete Pietá (PT) apresentou emenda.

Ela sugeriu à comissão especial que avalia a LDO que pudesse prorrogar o tempo de execução das emendas parlamentares para o exercício seguinte. Contudo, o colegiado rejeitou a proposta realizada pela petista e aprovou o referido PL na íntegra.

“Está faltando à assinatura do [vereador] Laércio Sandes (DEM) e a emenda apresentada não vai passar. Provavelmente vamos votar o projeto no dia 28, quinta-feira, e de nada afeta os trabalhos do governo a votação dele no último dia”, explicou o líder do governo, vereador Eduardo Carneiro (PSB).

A vereadora explicou ainda que sua proposta autorizava a prefeitura a executar em mais um ano as emendas que fossem de construção ou de compras de equipamentos.

A Câmara Municipal realizou 25 audiências públicas com as secretarias municipais e outros órgãos da prefeitura entre os dias 4 e 15 deste mês. O projeto foi aprovado pela comissão e seguirá para votação em plenário.

Antônio Boaventura

[email protected]

Foto: Ivanildo Porto