As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Guarulhos tem um déficit de 64 médicos, sendo a UBS com maior número de falta de profissionais, a unidade do Normândia, localizada na Estrada Água Chata, n° 979, no bairro dos Pimentas, tem a ausência no momento de três médicos generalistas, segundo dados obtidos pelo HOJE com base na Lei de Acesso à Informação.

Já déficit relacionado ao número de enfermeiros no munícipio não foi revelado pela Secretaria da Saúde. A falta de médicos também é refletida em outras unidades, como na UBS do Jardim Fortaleza, localizada na rua Hilário Pires de Freitas, n° 37. “Falta insumos e também não tem médico para atender na unidade”, afirmou a dona de casa Márcia Martins, 25.

Com relação a falta de médicos nas unidades, a Secretaria da Saúde informou que além da contratação de 16 médicos de família que devem começar a atender na rede municipal na próxima segunda-feira (25), de um total de 33 convocados, já está providenciando também uma nova contratação emergencial de médicos, além da abertura de um concurso público para a admissão de enfermeiros.

“Esclarece ainda que aos médicos aprovados no processo seletivo são ofertadas as vagas em todas as UBS com algum déficit e a escolha cabe a eles, sendo que destes 16 que começarão a atender na próxima segunda-feira, nenhum deles optou por atuar na UBS Normandia e UBS Fortaleza”.

As contratações desses médicos, segundo a administração municipal, serão realizadas pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em caráter emergencial, por um período de 12 meses, podendo o contrato ser prorrogado por até igual período.

Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here