Guarulhos registra déficit de 64 médicos nas Unidades Básicas de Saúde

Guarulhos registra déficit de 64 médicos nas Unidades Básicas de Saúde

As Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Guarulhos tem um déficit de 64 médicos, sendo a UBS com maior número de falta de profissionais, a unidade do Normândia, localizada na Estrada Água Chata, n° 979, no bairro dos Pimentas, tem a ausência no momento de três médicos generalistas, segundo dados obtidos pelo HOJE com base na Lei de Acesso à Informação.

Já déficit relacionado ao número de enfermeiros no munícipio não foi revelado pela Secretaria da Saúde. A falta de médicos também é refletida em outras unidades, como na UBS do Jardim Fortaleza, localizada na rua Hilário Pires de Freitas, n° 37. “Falta insumos e também não tem médico para atender na unidade”, afirmou a dona de casa Márcia Martins, 25.

Com relação a falta de médicos nas unidades, a Secretaria da Saúde informou que além da contratação de 16 médicos de família que devem começar a atender na rede municipal na próxima segunda-feira (25), de um total de 33 convocados, já está providenciando também uma nova contratação emergencial de médicos, além da abertura de um concurso público para a admissão de enfermeiros.

“Esclarece ainda que aos médicos aprovados no processo seletivo são ofertadas as vagas em todas as UBS com algum déficit e a escolha cabe a eles, sendo que destes 16 que começarão a atender na próxima segunda-feira, nenhum deles optou por atuar na UBS Normandia e UBS Fortaleza”.

As contratações desses médicos, segundo a administração municipal, serão realizadas pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), em caráter emergencial, por um período de 12 meses, podendo o contrato ser prorrogado por até igual período.

Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Foto: Fábio Nunes Teixeira/PMG

Deixe seu Comentário