Com alugueis em atraso por um período superior a 1 ano, a base da 5ª Companhia da Polícia Militar, no bairro da Ponte Grande, passará a atender, em data ainda a ser definida, na Vila Zanardi, de acordo com a Secretaria de Justiça do município. A sentença de despejo é assinada pela juíza Caroline Quadros da Silveira Pereira em dezembro do ano passado.

A prefeitura, através da Secretaria de Justiça, confirmou a existência da ação de despejo, com sentença determinando a desocupação, uma vez que não houve acordo entre o governo municipal e o representante dos proprietários.

Contudo, a administração pública definiu um imóvel na rua Conceição, Vila Zanardi (ao lado da Corregedoria da Guarda Civil Municipal), para abrigar as instalações da unidade da Polícia Militar. A prefeitura deverá se responsabilizar pelos aluguéis atrasados e encargos até a data da efetiva desocupação do imóvel, conforme determina a lei, e somente após a finalização do é que será apurado o valor devido.

Segundo apurou HOJE, o valor do aluguel do imóvel localizado na avenida Guarulhos tem o custo mensal de R$ 30 mil. Entretanto, a dívida contabilizada com juros é de mais de R$ 200 mil. De acordo com o documento de despejo, a base da PM deveria deixar o local até o dia 5 de fevereiro, caso não haja acordo entre a prefeitura e o proprietário.

A base foi inaugurada em meados de julho do ano de 2015. A 5ª Companhia atende os bairros da Ponte Grande, Jardim Munhoz, Jardim Tranquilidade, Itapegica, Vila Augusta, Vila Endres, Gopoúva e outros bairros próximos.

Antônio Boaventura

antonio.boaventura@guarulhoshoje.com.br

Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here