Moradora reclama da constante presença de usuários de drogas em rua na região central

Uma estudante que preferiu não se identificar reclama da constante presença de diversos jovens que seriam usuários de drogas na rua Alexandre de Oliveira Calmon, uma das travessas com a avenida Tiradentes, localizada na região central. De acordo com a moradora, sempre pessoas diferentes estão vindo para a rua com o objetivo de traficar e sujar a via.

“A rua fica cheio de pino. Montei um comércio e eles entram para pedir dinheiro, além de brigarem entre si. Eu não consigo deixar meu comércio aberto após as 18h”, afirmou a estudante, alegando que os indivíduos também realizam o furto de fios no local e ficam apoiados no muro das residências durante a noite.

Muitos dos usuários estariam vindo da região da Praça Presidente Getúlio Vargas para a via. “A partir das 18h eles começam a se aglomerar na rua e já tivemos aqui duas pessoas detidas, sendo que uma era foragida da Justiça”, destacou a moradora. A reportagem do HOJE questionou a Secretaria de Segurança Pública sobre a situação, que por meio de nota destacou que no mês de abril, a PM identificou e prendeu uma foragida da Justiça que morava no endereço citado.

“O trabalho integrado das polícias na área resultou na prisão de 385 pessoas e apreensão de 16 armas de fogo ilegais, nos primeiros seis meses deste ano. Cabe esclarecer que, neste ano, não foram localizados registros de tráfico de drogas na rua”, destacou em nota a secretaria.

Reportagem: Ulisses Carvalho

[email protected]