Número de apreensões por porte ilegal de arma cresce 66% em Guarulhos no mês de setembro

Reportagem: Ulisses Carvalho 

[email protected]

O número de apreensões por porte ilegal de arma em Guarulhos cresceu 66% no mês de setembro em comparação com agosto deste ano, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP), divulgado na tarde desta quinta-feira (25). Foram dez apreensões somente no mês passado, contra seis em agosto.

Mesmo ainda sem divulgar os dados deste mês, já houve mais casos de apreensão de armas na cidade, como no bairro do Mikail, onde a PM deteve quatro homens que estariam com drogas (maconha e cocaína) e também em posse de um revólver calibre 32. Também no mesmo bairro em ocorrência no inicio do ano, policiais militares detiveram um homem procurado pela Justiça por roubo, com um revólver calibre 38.

Já os casos de estupro de vulnerável caíram 20% em setembro, de 29 para 23 ocorrências. O crime de estupro de vulnerável é considerado quando é cometido contra pessoa sem capacidade ou condições de consentir, além de pessoas que praticam ato libidinoso com menores de 14 anos.

Os roubos de carga na cidade apresentaram queda de 12%, de 39 ocorrências para 34. O número de prisões caiu 7%, de 394 para 363. Em nove meses neste ano, houve 3.043 mil prisões efetuadas, de acordo com dados da SSP, além de 1.314 veículos recuperados, 768 ocorrências de tráfico de entorpecentes e 83 casos de porte ilegal de arma.

Foto: Divulgação PM