A Inspetoria de Patrulhamento com Cães da Guarda Civil Municipal de Guarulhos, juntamente, com o Canil da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo e o Setor de Homicídios da Polícia Civil de Guarulhos, participaram nesta quarta-feira (14), de mais uma etapa da operação de busca por uma pessoa desaparecida na cidade.

A operação envolveu cerca de 20 pessoas, entre guardas-civis de Guarulhos e São Paulo e policiais do Setor de Homicídios; além de sete viaturas e quatro cães.

Morador do Parque Jandaia, um homem de 32 anos saiu de casa no dia 19 de outubro, por volta das 21h30, e não foi mais visto. Após denúncia, no dia 8 de novembro, as guardas das duas cidades se uniram e fizeram uma operação dentro da comunidade onde o rapaz morava. Haytham, o pastor alemão da GCM de Guarulhos, iniciou o trabalho de faro para obter pistas a partir do lugar onde o rapaz tinha sido visto pela última vez, de lá seguiu em direção ao aterro de resíduos da construção e inertes, distante cerca de 7 km, onde encontraram indícios de que o jovem esteve no local.

Nesta quarta-feira, além do Haytham, que é treinado em faro de pessoas vivas e utiliza as roupas para chegar a localização, tinham outras três fêmeas da raça pastor belga malinois do Canil da Guarda Civil Metropolitana de São Paulo na operação: Ramona, Cessie e Mila. Já esses animais são especializados na procura por corpos.

A operação foi finalizada nesta quarta, em virtude de não terem encontrado nenhum vestígio. Dessa forma, até que apareçam novas informações, as buscas ficam encerradas. Denúncias podem ser feitas em 153 ou 2475-9444. O atendimento funciona 24 horas.

Canil

O Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) atua no patrulhamento diário, no Controle de Distúrbio Civil (CDC), na busca por pessoas desaparecidas, em desapropriações, na busca por drogas, no controle de grandes aglomerações (Estádio, Parques e eventos), entre outros serviços de segurança.

Cada cão tem uma característica diferente; alguns são treinados para, através do faro, encontrar pessoas desaparecidas ou encontrar drogas e até explosivos; outros para trabalhos de guarda e proteção. Todos os cães passam por adaptação de barulho de fogos e também aglomeração de pessoas.

Foto: Fábio Nunes Teixeira/ PMG

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here