Reportagem: Ulisses Carvalho

ulissescarvalho@grupomgcom.com.br

Policiais civis do 4° Distrito Policial investigam a morte do jovem Leandro Cabral, 19, que teria sido assassinado a facadas na rua Igarapé Grande, n° 64, no bairro do Jardim Carvalho, na região do Pimentas, na madrugada de sábado (12), por volta das 4h. Segundo amigos da vítima, o jovem teria levado uma facada na região do peito.

Cabral morava na região do Pimentas. O velório foi realizado no sábado na parte da noite no Primavera 1, na avenida Otávio Braga de Mesquita, na região do Taboão, e o enterro foi realizado no domingo (13), às 16h, no Cemitério da Vila Rio de Janeiro. A reportagem tentou contato com o pai da vítima, que preferiu não comentar o assunto.

A ocorrência foi registrada como homicídio, e segundo fontes do HOJE junto a Polícia Civil, Cabral estaria ao lado de um amigo pichando um muro no bairro, quando um veículo de modelo Spin, teria passado pela via e os dois ocupantes do carro teriam chamado a atenção dos jovens, porém, eles teriam continuado pichando.

Na segunda vez em que o veículo passou, os jovens teriam percebido que haveria um confronto e se armaram com barra de ferro, segundo a polícia, porém, o ocupante da Spin carregava uma faca e teria golpeado Cabral, que não resistiu aos ferimentos e morreu no Hospital Pimentas-Bonsucesso.

Segundo a Polícia Civil, um dos amigos de Cabral que estava no momento do crime teria comparecido a delegacia para prestar depoimento alegando se tratar de um latrocínio, roubo seguido de morte, porém, após investigações, a polícia conseguiu levantar o que teria ocorrido, e identificado que os jovens estariam pichando.

De acordo com amigos, Cabral teria saído de uma festa. Os investigadores do 4° Distrito Policial já identificaram um dos ocupantes do veículo e trabalham conseguir identificar o segundo suspeito de cometer o crime.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here