A prefeitura retirou da cidade durante 2018 um total de 20.045 m³, o equivalente a quatro mil caminhões de entulho, madeira, móveis velhos, pneus, dentre outros rejeitos despejados irregularmente em ruas, praças e terrenos. O balanço foi divulgado pela Secretaria de Serviços Públicos (SSP) nesta segunda-feira (14).

Apesar das ações corretivas e das pesadas multas para quem é pego em flagrante, o problema é recorrente. “O descarte irregular de materiais causa proliferação de animais transmissores de doenças, agrava o problema das enchentes e ainda consome recursos públicos que poderiam ser mais bem empregados a serviço da comunidade. Guarulhos precisa da colaboração da população para resolver este problema”, ressalta Edmilson Americano, secretário de Serviços Públicos.

A SSP informa que qualquer pessoa pode denunciar o descarte irregular de materiais pelo telefone 0800 772-2006. A multa para quem for pego em flagrante pode chegar a R$ 40 mil, com apreensão do veículo.  Para facilitar o descarte de rejeitos como os citados acima, a Prefeitura  disponibiliza 19 Pontos de Entrega Voluntária em diferentes bairros. Os endereços estão na página guarulhos.sp.gov.br/pagina/pev.

Reciclagem

Durante o trabalho de limpeza corretiva, madeira, entulho e pneus são separados e encaminhados para recicladoras particulares. O entulho segue para a Usina de Reciclagem da Proguaru, onde é transformado em agregado reciclável para utilização em obras de pavimentação, edificação e fabricação de elementos pré-moldados. O rejeito é destinado ao aterro sanitário.

1 COMENTÁRIO

  1. A cidade continua imunda. Aproveite para multar dono de terrenos que deixam o Mato crescer, atrapalhando os pedestres. Comece pelo terreno ao lado da Auguri automóveis da Av. Guarulhos em frente à academia. Inclusive ali tem até uma barraca que um morador de rua usa para dormir. Veja o desleixo a que se chegou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here