Câmara de Guarulhos vota regulamentação dos cemitérios municipais nesta terça-feira

Antônio Boaventura

[email protected]

Discutir a revitalização e regulamentação da gestão dos cemitérios municipais era uma prioridade do prefeito Guti (PSB) junto à Câmara Municipal neste segundo semestre e a discussão deverá ter início nesta terça-feira (22).

No ano passado, a administração pública informou estar estudando alternativas para melhorar o atendimento nos cemitérios municipais em função da superlotação. Uma das propostas seria a implantação do sistema vertical, seja ele de forma subterrânea ou superior, como medida de ampliar as oferta de jazigos na cidade. A sugestão pode ampliar a vida útil dos espaços em até 20 anos.

Dos quatro cemitérios administrados pela prefeitura – Necrópole do Campo Santo (Vila Rio), São João Batista, São Judas Tadeu e Nossa Senhora do Bonsucesso, que serve de laboratório para o governo municipal em relação à verticalização, proporcionou uma ampliação de quase 500% sua capacidade de sepultamento, naquela época.

 “O projeto de lei prevê alterações de suma importância para suprir os principais desafios na prestação dos serviços, a fim de garantir o atendimento digno e responsável à população, visto que propõe diretrizes para implantação de cemitérios, crematórios e alternativas para restos mortais, otimizando áreas para sepultamentos, entre outras medidas para a boa gestão dos recursos e serviços públicos”, justificou o prefeito Guti (PSB).

 “Temos temas importantes ainda para ser discutido neste governo. Um que, na minha opinião, é de extrema importância, e que é problema em várias cidades do Brasil, que é a questão dos cemitérios. Essa legislação precisa ser revista. Os equipamentos púbicos já estão no seu limite”, observou o líder do governo, vereador Eduardo Carneiro.

Foto: Ivanildo Porto