Vereador propõe sanitários públicos em agências bancárias

Quatro projetos de Lei foram deliberados pela Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa-CCJ da Câmara de Guarulhos em reunião ordinária realizada na manhã desta quinta-feira (31). Os vereadores Eduardo Barreto (PCdoB), Marcelo Seminaldo (PT) e João Dárcio Ribamar Sacchi (Podemos) deram parecer favorável ao PL 1561/2018, de Barreto, que altera a lei 4523/1993 e torna obrigatória a instalação de sanitários púbicos e bebedouros nas agências bancárias. “Os bancos têm lucros muito altos e acredito que deveriam favorecer mais a população, por exemplo, oferecendo uma comodidade aos clientes que passam horas em uma agência até serem atendidos”, justificou o autor.

Mesmo destino teve o PL 5292/2017, de autoria de Danilo Gomes (PCdoB) e Eduardo Soltur (PSB), que implanta cercados de proteção nos playgrounds instalados nas praças de Guarulhos. Parecer contrário receberam o Substitutivo nº 1 ao PL 365/2017, de Carol Ribeiro (MDB), que obriga as empresas de transporte municipal a colocar em seus veículos letreiro luminoso com a frase “SOCORRO, Assalto!” para a população poder acionar a polícia em situações como essa; e o PL  1695/2017, de Geraldo Celestino (PSDB), que coloca a cargo das respectivas concessionárias o atendimento e custeio às vítimas de acidentes nas rodovias Presidente Dutra, Fernão Dias e Ayrton Senna no âmbito de Guarulhos.