Orçamento previsto da Saúde para 2020 é 4% inferior ao deste ano

Antônio Boaventura

[email protected]

Apesar de deter o segundo maior orçamento do município para 2020, o valor previsto para manutenção e ampliação das atividades da Secretaria de Saúde é pouco cerca de 4% menor em relação ao deste ano. Mesmo com essa diferença, o secretário-adjunto Shigueo Sakamoto garantiu que a quantia é suficiente para a manutenção da pasta no ano que vem.

Para este ano, o governo municipal destinou à Saúde R$ 995 milhões. Entretanto, durante o ano houve a necessidade de suplementar o orçamento em quase R$ 80 milhões, o que resultou em um valor aproximado de R$ 1,1 bilhão. Esta verba saiu do orçamento de outras secretarias. Para o próximo ano, a secretaria apresentou em audiência pública o montante de R$ 1,025 bilhão.

“A questão orçamentária é diferente da questão financeira. Se não tiver a receita arrecadada de acordo com o previsto devemos ter o impacto financeiro, mas não orçamentário. O orçamento atualizado deste ano seria de R$ 1,069 bilhão. Esse incremento veio de suplemento de recursos próprios e nós temos R$ 33 milhões de emendas parlamentares”, explicou Sakamoto.

Além dos valores previstos para 2020, Sakamoto também garantiu a existência de recursos para a conclusão das obras, que tem como objetivo a transformação do Pronto Atendimento Paraíso em Unidade de Pronto Atendimento. O valor daquela benfeitoria é de R$ 1,9 milhão, recurso federal aprovado desde 2008, mais a contrapartida do governo municipal de R$ 253 mil.

“A UPA Paraíso está contemplada e existe uma previsão orçamentária para 2020. Estamos em andamento com o processo de compra de equipamentos”, concluiu.

Foto: Ivanildo Porto