Governo paulista reúne prefeitos para definir ações integradas no combate ao coronavírus

O governador João Doria se reuniu nesta quinta-feira (3) com representantes das 645 cidades do Estado de São Paulo para apresentar um plano de medidas de prevenção e assistência para casos do novo coronavírus (Covid-19). A reunião aconteceu no Palácio dos Bandeirantes.

 “Peço aos prefeitos e prefeitas que ajudem na disseminação de informações claras, precisas e objetivas sobre o coronavírus. Não há razão nenhuma para pânico, interrupção de aulas, trabalho, atividades esportivas ou espetáculos. A ação mais recomendada pelos especialistas é a prevenção”, disse Doria.

O secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann, apresentou o conceito e o histórico do coronavírus, fluxos de atendimento no SUS e a atuação do Centro de Contingência do coronavírus, coordenado pelo médico infectologista David Uip, e do Comitê de Operações de Emergência.

Cabe aos serviços municipais de saúde monitorar a população e notificar casos suspeitos no sistema oficial do Ministério da Saúde. Pessoas com sintomas devem procurar atendimento em unidades básicas ou de pronto atendimento. Se a pessoa se enquadrar no critério de suspeita de Covid-19, haverá coleta de amostra para exames no Instituto Adolfo Lutz. Equipes médicas definem se haverá isolamento hospitalar ou domiciliar conforme cada caso.

Uma série de vídeos com informações sobre o coronavírus e como a população pode colaborar para evitar a doença, além de entrevistas com especialistas, infográficos e ilustrações está disponível no canal do Governo de São Paulo no Youtube (www.youtube.com/governosp) e no hotsite www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus.