Governo paulista não avalia relaxar quarentena, diz Doria em entrevista

Foto: Paulo Guereta/AE

O governo de São Paulo não avalia, neste momento, a possibilidade de relaxar a quarentena no Estado ou então abrandar outras medidas restritivas impostas por conta da pandemia do novo coronavírus, esclareceu o governador João Doria (PSDB), em entrevista coletiva dada nesta quinta-feira, 9. Segundo ele, cogitar a retomada gradual da atividade econômica não faz sentido pois São Paulo ainda não atingiu o pico da pandemia.

“Precisamos ser sinceros e claros à opinião pública de São Paulo: estamos vivendo o pior mês da pandemia, que vai, infelizmente, atingir milhares de pessoas e produzir muitos óbitos”, disse o governador.

O coordenador do Centro de Contingência do Estado contra a Covid-19, David Uip, reiterou a posição de Doria ao afirmar que o órgão que dirige “não discutiu esse assunto por não achar oportuno nem pertinente” para o momento.