Mandante do PCC de Guarulhos é preso no Rio de Janeiro

Foto: Divulgação

Um dos investigados como integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), Adriano Pereira de Souza, conhecido como ‘Cigano’, foi preso no último mês de abril, em operação da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), na comunidade Parada de Lucas, no Rio de Janeiro.

Responsável pelas finanças da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), Cigano é de Guarulhos e estava foragido da Justiça desde 2018. A informação é do jornal O Dia.

O criminoso foi detido após tentar passar por policiais do RJ com documentos falsos. Ele foi enviado ao Rio de Janeiro para negociar o repasse de entorpecentes e armas para as comunidades controladas por Álvaro Malaquias, conhecido como ‘Peixão’, do Terceiro Comando Puro (TCP), que é responsável pelo tráfico de drogas no Complexo de Israel, no RJ.

O delegado Marcus Vinicius Amim, do DCOD, informou ao jornal O Dia que o PCC tem como atividade principal o domínio de rotas e o fornecimento em atacado de drogas. “Daí a posição de destaque de Cigano na facção. As investigações da DCOD continuarão no sentido de identificar outros elos entre as duas facções de narcotráfico”, explicou.