Conselhos Tutelares realizaram mais de 7,1 mil atendimentos em 2021

Foto: Reprodução

O HOJE continua nesta terça-feira (26) a série de reportagens sobre os atendimentos realizados pelos Conselhos Tutelares de Guarulhos em 2021. No período, a cidade registrou 7.129 atendimentos.

Dos casos contabilizados 4.868 foram de crianças e 2.261 adolescentes. Foram encaminhados ao Conselho Tutelar 5.832 crianças e adolescentes por violação de direitos. Segundo o levantamento 1.240 sofreram algum tipo de violência, sendo que 434 casos registrados foram por violência sexual, 405 física e 401 psicológica, enquanto 131 foram mantidos em cárcere e 205 estavam em vulnerabilidade social.

Com maior número de ocorrências observadas apareceu a falta de cuidado com a educação, com 739 casos, seguido de descuido com a saúde, com 633. Ao todo, 1.692 crianças e adolescentes foram submetidos a algum tipo de negligência, sendo 214 com alimentação e outras 106 com higiene.

Fonte: Relatório do Conselho Tutelar de Guarulhos

Outras formas de violação que aparecem em alta são evasões escolares, tendo 541 casos registrados e hospitalares, com 303, seguido de abandono, que contabilizou 215 casos. A região com maior número de ocorrências das violações citadas foi o Taboão, com 992 atendimentos, seguido do Pimentas, com 986 e do Centro, com 941 ao todo.

Fonte: Relatório do Conselho Tutelar de Guarulhos

Um total de 1.537 crianças e adolescentes atendidos durante o ano conviviam com seus genitores, ou seja, mãe e pai juntos, enquanto 2.518 apenas com as mães, 526 somente com o pai e 575 com família extensa – pessoas com algum grau de parentesco, 12 estavam em situação de rua e 31 em acolhimentos institucionais.

Fonte: Relatório do Conselho Tutelar de Guarulhos

Os dados foram obtidos pela reportagem e constam em um relatório apresentado pelo vereador  Welliton Bezerra (PRTB) durante sessão da Câmara Municipal.

- PUBLICIDADE -