Passageiros são presos tentando embarcar com cocaína em voos internacionais

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, prendeu entre o final da noite de ontem e madrugada de hoje, em ação conjunta com a Receita Federal, três passageiros tentando embarcar com droga para o Iraque, Moçambique e Chipre.

Policiais federais, acionados no final da noite desta segunda-feira (23), por funcionários que atuam na conferência de documentos, junto aos balcões de check-in, entrevistaram um passageiro, nacional da Turquia, e, em razão das suspeitas, o conduziram para busca pessoal e revista das bagagens. Num fundo falso, na lateral da mala do passageiro, os policiais encontraram mais de dois quilos de cocaína. O suspeito pretendia embarcar com a droga para o Iraque, em voo com escala em Doha, no Catar.

Servidores da Receita Federal, que fiscalizavam as bagagens despachadas pelos passageiros, selecionaram duas bagagens para inspeção. A passageira proprietária de uma das bagagens que havia sido despachada, uma brasileira, de 26 anos de idade, foi localizada e conduzida para acompanhar a revista em seus pertences. Dentro da mala foram encontrados embrulhos para presentes, contendo 74 pequenos volumes, com mais de 11 quilos de cocaína. A suspeita tinha como destino final de sua viagem o Moçambique.

Momentos mais tarde, um passageiro, nacional da Ucrânia, que pretendia embarcar para o Chipre, foi conduzido às bancadas de inspeção. Nos forros de uma mochila foram encontrados dois volumes contendo dois quilos de cocaína.

Os suspeitos, que receberam voz de prisão, serão apresentados à Justiça Federal onde poderão responder pelo crime de tráfico internacional de drogas.

- PUBLICIDADE -