Mais de 10 mil porções de cocaína são localizadas em carro durante blitz da operação Sufoco

A operação Sufoco completou 28 dias e, nesta terça-feira (31), foi responsável pela prisão de um homem que transportava mais de 10 mil porções de cocaína em um carro, no bairro do Limão, na zona norte de São Paulo.
Integrantes da Central Especializada de Repressão a Crimes e Ocorrências Diversas (Cerco), da 4° Delegacia Seccional de Polícia Norte, realizavam blitz como parte da operação Sufoco, para a abordagem de carro e motocicletas, quando desconfiaram de um motorista que tentou desviar a direção ao perceber a presença dos policiais.
Diante da suspeita, os agentes deram ordem de parada ao condutor e, ao realizarem vistoria no interior do automóvel, localizaram 10.026 porções de cocaína escondidas dentro da caixa de som, no porta-malas do carro.
Questionado, o motorista disse que foi contratado apenas para o transporte e que buscou as substâncias na zona sul da Capital. Contou ainda que levaria as drogas até a Avenida Inajar de Souza, não sabendo quem iria buscar o veículo.
Todo o entorpecente foi apreendido para perícia e o carro recolhido.
O autor foi preso em flagrante por tráfico de drogas e o caso, registrado na 4ª Seccional. A prisão preventiva do motorista foi solicitada à Justiça.
Prisões e apreensões
A Operação Sufoco já deteve mais de 3,3 mil pessoas e vistoriou cerca de 201 mil veículos, sendo 71,5 mil motocicletas. Foram apreendidos 8,1 mil veículos, sendo 3,5 mil motos, e recuperados um total de 474 veículos que haviam sido roubados ou furtados.
Até o momento, foram apreendidas, cerca de 16 toneladas de drogas e mais de 200 armas. Também foram recolhidos simulacros de armas, cartões bancários, máquinas de cartão, celulares e carcaças de celulares, veículos de alto valor, itens de informática, mais de R$ 94 mil em espécie, dinheiro estrangeiro, entre outros objetos.
Operação Sufoco
A Operação Sufoco foi iniciada no último dia 4 para combater a criminalidade, com destaque para os delitos cometidos por falsos entregadores de delivery, na cidade de São Paulo, se estendendo para a região metropolitana e interior. A ação começou no mesmo dia em que foi anunciado um aumento na quantidade de policiais nas ruas da Capital, dobrando o efetivo operacional por meio de atividades extras.

- PUBLICIDADE -