Paulo Ricardo comemora 35 anos de ‘Rádio Pirata Ao Vivo’ em SP

Bella Pinheiro

Rádio Pirata Ao Vivo” comemora 35 anos. Para celebrar, uma turnê pelo Brasil que começou no Rio de Janeiro, em setembro. Agora, chegou a vez do palco do Teatro Bradesco, em São Paulo, ferver com as músicas do álbum mais vendido do Brasil no dia 25 de junho (sábado). No repertório, hits de grande sucesso como: Rádio Pirata, Revoluções por Minuto, Alvorada Voraz, A Cruz e a Espada, Naja, Olhar 43, Estação no Inferno, London London e Flores Astrais.

Os ingressos podem ser adquiridos no site da uhuu.com ou pela bilheteria do Teatro Bradesco. Mais informações no serviço do press release.

A apresentação será gravada e ficará disponível no YouTube do Teatro por 30 dias a partir de 29/7 para que fãs do mundo inteiro possam assistir a esta noite inesquecível. Aos que forem assistir presencialmente, ficará o registro para que possam reviver o momento.

SOBRE O SHOW

Divisor de águas do show business brasileiro dos anos 80, o espetáculo “Rádio Pirata Ao Vivo” ganha reedição. Há tempos os fãs de todas as idades pediam que Paulo Ricardo voltasse a apresentar o repertório do álbum lançado em 1985 e que é, até hoje, o mais vendido da história da música brasileira, ganhando os palcos em uma superprodução dirigida por Ney Matogrosso.

A nova turnê, batizada de Rádio Pirata ao Vivo – 35 anos, que celebra o espetáculo emblemático, estreou com casa lotada no Rio (em setembro) e segue percorrendo várias cidades. “Estreamos o show “Rádio Pirata ao vivo” no dia seguinte ao meu aniversário de 24 anos, em São Paulo, com a presença e a bênção de nosso padrinho Chacrinha, e o impacto foi imediato. As pessoas enlouqueceram com o laser e a direção precisa e sofisticada de Ney, e na semana seguinte participamos de um festival no Gigantinho, em Porto Alegre”, lembra Paulo Ricardo, que conta ainda que foi o sucesso meteórico de sua versão de “London, London”, que não estava no disco de estúdio, que fez a banda fazer um registro ao vivo. “Em poucos meses, a música estava em primeiro lugar nas paradas de todo o Brasil, pasmem, sem que houvesse sido lançada em nenhum disco. Assim, decidimos registrar o álbum “Rádio Pirata ao vivo”, gravado no Anhembi em Sampa, mixado em Los Angeles, que permanece até hoje como o álbum mais vendido da história do Brasil, assim como a turnê, que quebrou todos os recordes dos lugares por onde passou. Foram 250 shows em 15 meses para mais de 2,500,000 de pessoas”, finaliza Paulo.

Já para Ney Matogrosso foi a sua estreia como diretor, já em uma superprodução: “Conheci o Paulo Ricardo bem antes, quando ele era jornalista e escrevia para uma revista de música. Durante uma entrevista, ele me contou que tinha uma banda e tudo mais. Um tempo depois, quando “Louras geladas” começava a tocar timidamente no rádio, o empresário Manoel Poladian me disse que estava buscando uma banda de rock e eu sugeri que ele ouvisse os meninos. Depois de contratá-los, Poladian me perguntou se eu queria dirigir o show e a minha condição para aceitar foi que ele me desse carta branca e condições pra fazer tudo que eu pedisse. Assim foi feito e o show teve uma produção escandalosa! A minha inspiração veio toda do filme Blade Runner: tinha raio laser e luz neon em toda a beirada do palco, que parecia uma nave espacial. Foi um fenômeno para a época”, conta Ney.

Paulo Ricardo, que recentemente fez uma aparição surpresa no The Voice Brasil e fez as 4 cadeiras virarem, revisita o repertório do show mais emblemático dos anos 80 em “Rádio Pirata Ao Vivo – 35 anos” e se apresenta no dia 25/6 no Teatro Bradesco, em São Paulo. “Sim, é exatamente o mesmo show de 85, com os canhões de raio laser e tudo mais. O mesmo show que está eternizado no DVD homônimo. O mesmo show que moveu multidões. Se você esteve lá, vai se arrepiar. Se não esteve, bem-vindo a bordo”, define Paulo.

SOBRE PROGRAMAÇÃO ONLINE DO TEATRO BRADESCO

A programação cultural nas redes sociais do Teatro Bradesco teve início em abril de 2020 no Instagram e em agosto de 2020 no YouTube, após o fechamento do seu espaço físico durante a pandemia. A cada mês, artistas, músicos e palestrantes protagonizaram várias parcerias em formatos inéditos e inusitados no Instagram e no YouTube com a presença de Daniel Jobim, Leandro Karnal, Maurício de Sousa e Turma da Mônica, Oswaldo Montenegro, Ana Carolina, Karin Hils, Alceu Valença, Gal Costa, Raça Negra, Elba Ramalho, Raimundo Fagner, Toni Garrido, entre muitos outros.

Na última live do ano de 2021 realizada dentro do Teatro Bradesco, o público contou com a presença de um dos maiores DJs de mundo, Alok. A abertura foi do trio Rooftime e João Marcelo Bôscolli ficou responsável pela apresentação do evento. Já a primeira live de 2022, realizada em abril, teve como convidado o cantor Alexandre Pires.

Em maio, após o sucesso de todas as lives promovidas, o Teatro Bradesco estreou um novo formato de eventos, que de maneira híbrida combina o presencial com transmissão virtual gratuita, democratizando ainda mais a cultura. A primeira atração foi a Blitz, que teve sua apresentação presencial gravada, ficando depois disponível no YouTube do Teatro por 30 dias.

SERVIÇO

RÁDIO PIRATA AO VIVO – 35 ANOS

Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 – Bourbon Shopping São Paulo – Perdizes)

www.teatrobradesco.com.br

Dia: 25 de junho de 2022, às 21h

Duração: 90 minutos

Classificação indicativa: 14 anos. Menores de 14 anos somente poderão entrar acompanhados dos pais ou responsáveis. Crianças até 24 meses de idade que ficarem no colo dos pais, não pagam.

Capacidade: 1439 pessoas

- PUBLICIDADE -