Atraso, transtorno e muita reclamação. Uma obra de pavimentação está paralisada há 20 dias devido falta de material na rua Rio Negro, no bairro Cidade Soberana. A via está pavimentada somente pela metade e os moradores reclamam. “Está começando a criar crateras e buracos enormes, dá até vergonha de chamar um parente para vir aqui”, comentou a dona de casa Noemia Pereira de 37 anos. Cerca de 20 funcionários da Proguaru estão parados no local, junto com dois veículos.

Segundo apurado, o que falta para completar o serviço é o piche, substância preta que compõe o asfalto. “Os funcionários da Proguaru vêm aqui todo o dia reparar os danos que a chuva causa na pavimentação inacabada, mas é ruim, pois isso é dinheiro nosso que está sendo desperdiçado, queremos uma solução da prefeitura o mais rápido possível”, explanou Adriane de Freitas Santos, 38.

Foi difícil para os moradores conseguirem que a rua fosse pavimentada. “Sempre pedimos, e eles só foram atender a gente no meio deste ano, só queremos um direito nosso”, disse Noemia.
O serviço é essencial para os residentes, já que evitará outros transtornos. “Uma vez uma ambulância não conseguiu vir até aqui por falta de asfalto, tivemos que subir a rua com um moço que estava passando mal”, relatou Adriana. O HOJE encaminhou a demanda para a Prefeitura de Guarulhos e para a Proguaru, mas até o fechamento desta edição ela não foi respondida.

Reportagem: Gustavo Druzian
Foto: Ivanildo Porto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here