Metalúrgicos de Guarulhos realizam protesto em cinco fábricas

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região realizou na manhã desta sexta (25) atos em cinco fábricas da base, com o objetivo de protestar contra a onda de reformas do governo Temer, defender a Previdência e combater a corrupção política. A manifestação integra o Dia Nacional de Protestos e Paralisações, organizado pelas Centrais Sindicais.

Mais de mil metalúrgicos participaram das manifestações, que ocorreram em metalúrgicas vinculadas a grupos patronais que resistem em fechar o acordo salarial. As assembleias de protesto aconteceram na Gecede (Vila Galvão), Securit (Cumbica), Sky Master (Jardim Santo Afonso), HRM (Arujá) e Roll-For (Cumbica).

O vice-presidente do Sindicato, Josinaldo José de Barros (Cabeça), esteve na Gecede. Ele destaca o sentimento dos metalúrgicos: “O trabalhador está apreensivo ante a crise nacional, que desemboca nas reformas trabalhista e da Previdência que trazem graves agressões aos direitos trabalhistas e sociais”.