Obras do Trevo de Bonsucesso ainda não foram concluídas

Principal promessa de campanha do prefeito Sebastião Almeida o Trevo de Bonsucesso só será concluído na próxima gestão. As obras tiveram início em fevereiro de 2014 com prazo estimado de 18 meses para finalização. No entanto, dois anos depois ainda há muitos trechos para serem terminados.

“O que não dá para fazer está planejado e programado para o próximo governo. Vamos fazer todo o esforço necessário para entregar mais etapas até o final deste mês. Eu tenho plena convicção que o próximo prefeito vai dar continuidade porque temos projeto pronto e recursos garantidos, então não há motivo para não sair”, afirmou Almeida.

A finalização das obras do primeiro viaduto do trevo, sentido São Paulo/Rio Janeiro, deverá ser entregue ainda nesta semana, como parte dos festejos de aniversário de Guarulhos. Com a abertura desse novo acesso ao tráfego, haverá o aumento da capacidade do trevo, favorecendo o acesso de veículos sentido Bonsucesso e via Dutra/Rio de Janeiro.

O viaduto tem 74 metros de comprimento por 14,4m de largura e conta com três faixas de rolamento para veículos e barreiras de segurança de concreto, além de passeio para pedestres com guarda-corpo. Deverá ser entregue ainda a pista marginal norte da via Dutra, que permitirá o acesso por alça diretamente para Bonsucesso e Lavras, o que vai aliviar o trânsito proporcionando maior fluidez para quem procura esses bairros, além de melhorias importantes ao tráfego.

O novo Trevo do Bonsucesso foi contemplado pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Grandes Cidades. Em 2013, durante visita a cidade, a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) assinou convênio liberando recursos de R$ 83 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) para a cidade, referente ao PAC. Neste montante estão incluídos também investimentos para o corredor de ônibus Juscelino Kubitschek e o Terminal Bonsucesso. Essas obras já haviam sido liberadas, tendo ainda recursos de R$ 165 milhões de financiamento junto à Caixa Econômica Federal e R$ 8,7 milhões a título de contrapartida do município.