Prefeitura promete regularizar benefícios de conselheiros municipais em até 10 dias

Conselheiros tutelares estiveram na manhã desta quarta-feira (15) no gabinete do prefeito Guti (PSB), que se encontra em Brasília (DF), para cobrar providências em relação aos benefícios em atraso. Os conselheiros foram atendidos pelo vice-prefeito Alexandre Zeitune (REDE) e prometeu solucionar o débito em até 10 dias.

Entretanto, Zeitune alegou inicialmente problemas financeiros para quitar o débito, que segundo ele teve sua origem na gestão do ex-prefeito Sebastião Almeida (PDT). “Por ser uma questão de cunho alimentar e uma exceção de um valor que não é substancial nesse momento, nós iremos fazer essa liquidação. Os valores deste ano já estão liberados. A empresa não queria liberar os valores deste ano em função de um débito do governo passado”, explicou Zeitune.

Já o conselheiro tutelar Evandro Silva entendeu que o resultado do diálogo foi satisfatório. Silva ressaltou que o problema acontece há três meses e tem como principal motivo a inadimplência da administração municipal com a empresa contratada.

“A gestão passada não pagou o boleto e não teve como liberar os valores. Tanto que até o valor que tínhamos disponível ficou bloqueado. Ele deu esse prazo de até dez dias para resolver”, concluiu Silva.

Reportagem: Antônio Boaventura

Foto: Ivanildo Porto