Funcionários da Central 192 do Samu voltam a denunciar atraso nos salários

Nem mesmo a renovação de contrato da Prefeitura de Guarulhos com a Ong Plural Educação e Cidadania foi capaz de garantir a regularidade no pagamento do repasse para e entidade social, que é responsável pela administração da Central 192 do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na cidade.
A assinatura do novo acordo foi concretizada no dia 13 de abril e terá validade pelos próximos dois anos. Antes de celebrar a prorrogação da prestação de serviço, a dívida do município com a Ong Plural Educação e Cidadania era de quase R$ 150 mil. Este valor é equivalente à prestação de serviço de dois meses.

O presidente da entidade, José Carlos Lemes, lamentou a continuidade do problema e revelou que os funcionários serão remunerados apenas no dia 23 deste mês. Ele também ressaltou que diante do quadro crítico poderá quitar somente a metade dos vencimentos dos funcionários.
Em contrapartida, a prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, afirma que os pagamentos para a Ong Plural Educação e Cidadania, que administra a Central 192 do Samu no município, serão regularizados a partir desta quarta-feira (14).

Reportagem: Antônio Boaventura
[email protected]